Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

O desafio lançado pela Tetra Pak Portugal SA em parceria com a Associação Bandeira Azul, intitulado “No Dia da Mãe o coração é amarelo”, foi positivamente abraçado pela nossa escola. Houve duas turmas do sexto ano de escolaridade que meteram mão à obra e realizaram dois corações, cada turma realizou o seu.
O projeto iniciou-se com um peditório a toda a comunidade educativa com o intuito de angariar o máximo possível de embalagens amarelas ou predominantemente amarelas da Tetra Pak.
O coração escolhido para ir a concurso foi o da turma um do sexto ano. Todo o material que se encontra no trabalho foi reutilizado com exceção da cola (material complementar). A base/suporte do trabalho era um painel de publicidade/informativo da farmácia local, para o volume e para o contorno do coração foi usado embalagens de leite e de sumos e para a zona central da peça- triângulos (a parte colorida) foi usado restos de papéis amarelos e embalagens de leite e de sumos.
Todos os alunos da turma participaram neste trabalho, tanto na fase de execução como na fase de recolha e limpeza dos materiais. A turma teve de cortar todas a embalagens de modo a ficarem abertas e espalmadas. Os alunos usaram os seus conhecimentos apreendidos sobre geometria e construíram várias peças a partir do triângulo inscrito na circunferência. Essas peças foram construídas com embalagens de leite e de sumo (onde a principal cor não era amarela), aonde usamos algumas técnicas como o corte, a dobragem e a vincagem. Aproveitando ainda as embalagens amarelas e sobras de papéis amarelos, cortamos triângulos para serem colados no centro de cada peça geométrica. Posteriormente cada peça foi colada na base do coração, criando um padrão geométrico. À volta do coração e contornando-o foi colado tiras de embalagens de modo a dar um melhor acabamento ao trabalho. Para finalizar os alunos escreveram uma mensagem dedicada à Mãe e personalizaram desenhando motivos florais.
Foi notório o empenho, entusiasmo e a recetividade dos discentes na realização deste trabalho. A mensagem acerca da importância da recolha seletiva e da sua correta deposição foi transmitida com clareza, havendo sensibilidade e conhecimento desta questão por parte da comunidade educativa.
Na nossa escola terá um lugar reservado à exposição dos corações de modo a comemorar o Dia da Mãe, homenageando todas as Mães, e de forma a transmitir que também podemos realizar trabalhos criativos e aprazíveis com materiais reutilizados.

Escola: EB 2,3 do Curral das Freiras

Professor coordenador do trabalho: Sandra Hermínia Faria Ferreira