Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

Memória descritiva do projecto do Dia da Mãe “O coração é amarelo”.

O trabalho para a participação no projeto “O coração é amarelo”, foi concebido, desenvolvido e implementado pelos alunos do 11.º R, do Curso Profissional Técnico de Gestão do Ambiente, com a orientação das professoras estagiárias de Biologia e Geologia do núcleo 2 da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, Ana Oliveira e Cátia Marques, e com cordenação da Directora do Curso, Dra. Cristina Ferreira. Adicionalmente, contámos com a participação dos alunos do 7.º C no que diz respeito à criação de mensagens relativas ao Dia da Mãe.
O projeto foi concetualizado após leitura das regras do concurso e em equipa, pelos alunos do 11.º R, em que se discutiram ideias possíveis para as diversas fases de implementação do mesmo. Para a sua concretização foram solicitadas horas de trabalho a diferentes disciplinas, tendo havido a colaboração total das professoras de Conservação da Natureza, Dra. Estela Rocha, de Biologia e Geologia, Dra. Carla Vieira, de Área de Integração, Dra. Aurora Costa, de Projeto em Ambiente, Dra. Cristina Ferreira, de Matemática, Dr. Manuel Silva e Português, Dr. Manuel Luís Cunha.
Após esta fase inicial de concetualização procedeu-se à primeira fase de implementação do projeto, tendo sido implementadas as seguintes fases:
1. Divulgação da recolha de embalagens, de proveniência doméstica, através de cartazes afixados em pontos de passagem dos alunos da nossa escola, assim como, pela criação dum evento no facebook, alargado a toda a comunidade escolar;
2. Montagem do caixote de recolha de embalagens;
3. Recolha de embalagens dos diversos ecopontos dispersos pela Escola Secundária de Rio Tinto (Somos uma Eco-Escola!) e das colocadas no caixote criado para o efeito;
4. Lavagem das embalagens recolhidas e respetiva secagem.

Na fase de construção e montagem do coração procedeu-se à projeção de vários modelos utilizando múltiplas embalagens. Após decisão conjunta do modelo a construir, selecionamos os materiais a utilizar na sua fase de montagem.

Foram utilizados materiais que existiam na escola, que gentilmente nos foram cedidos pelos professores e alunos de outros cursos, tais como pincéis, tintas, corda, cola quente, assim como reutilizados diversos materiais, papel e material de escrita, símbolo da escola de um cartaz anteriormente afixado.

Para as mensagens a incluir o nosso projeto, contamos com a nossa criatividade, originalidade e amor às nossas mães, pedindo concomitantemente, ajuda aos alunos do 7.º C, no sentido de envolverem mais elementos da comunidade escolar no nosso projeto. Estas mensagens foram incluídas nas embalagens Tetra Pack utilizadas e, no dia 6 de Maio serão devolvidas aos alunos, para entregarem às respetivas mães.

A conclusão do projeto implicou a colocação do coração no átrio de entrada da escola para divulgação generalizada a toda a comunidade escolar.

O projeto contou com toda a motivação e empenho dos alunos, por estar relacionado com o curso que frequentamos, assim como, pela sua pertinência na consciencialização para a importância da reciclagem, e também, pela possibilidade de envolver toda uma comunidade escolar no âmbito da sensiblização para a gestão sustentável da Mãe Natureza.

Escola: Escola Secundária c/ 3.º Ciclo de Rio Tinto

Professor coordenador do trabalho: Cristina Ferreira