Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

“Sim, no dia da mãe o coração é amarelo”

O trabalho apresentado foi desenvolvido nas aulas de Educação Visual e Tecnológica, pelos alunos do 6ºB da Escola Básica e Secundária de São Roque do Pico, sob a orientação das docentes desta disciplina.

Depois de feita a inscrição e consultado o regulamento do concurso, iniciou-se o projeto, tendo em conta o método de resolução de problemas. Atendendo ao caráter estético e utilitário foi selecionado o projeto mais exequível.

Os materiais utilizados foram embalagens Tetra Pak, (caixas de leite), papel de seda amarelo (foram reaproveitadas tiras de papel que sobraram de trabalhos anteriores), cola branca e agrafos. Nesta escolha foram tidos em conta princípios sustentáveis, tais como reciclar, reutilizar, reduzir…

Inicialmente foi realizado um protótipo do coração, utilizando a técnica de entrelaçar para representar os laços afetivos entre mãe e filho. Toda a trama simboliza a mãe de todas as mães, a mãe Natureza.

A criação da forma tridimensional deve-se essencialmente à intenção de funcionalidade do objeto: depósito para sacos de plástico limpos para serem utilizados no contexto escola.

Após a recolha e lavagem das embalagens seguiram-se as seguintes etapas:
- corte das embalagens em tiras de iguais dimensões
- união das tiras com agrafos
- revestimento de algumas tiras pela parte exterior, com papel de seda amarelo e cola branca, de modo a deixar transparecer a imagem das embalagens
- construção da trama, aplicando a técnica do entrelaçar
- recorte da forma do coração sobre a trama construída (2x)
- montagem do coração tridimensional, unindo as várias partes( frontal, posterior e laterais)
- realização de uma abertura lateral para retirar os sacos, onde consta o símbolo da Tetra Pak
- escrita de uma mensagem relativa ao Dia da Mãe e importância da reciclagem para a sustentabilidade, numa das laterais do coração: “Ser Mãe é dar vida. Protege a vida, protegendo a Natureza!”

O coração será exposto no bar da escola para que toda a comunidade escolar o possa utilizar.

Escola: Escola Básica e Secundária de S. Roque do Pico

Professor coordenador do trabalho: Jorge Gabriel Pinheiro Sousa