Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

Memória descritiva
Intervenientes:
O trabalho foi realizado pelos alunos da turma E (sala 10), do Centro Sócio - Educativo da APPACDM ( Associação Portuguesa da Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) de Setúbal, sob a orientação das duas professoras da sala.
Foi também interveniente uma jovem estagiária do Curso de Animação Sociocultural, que se encontra temporariamente nesta sala.
Os alunos participantes são portadores das seguintes deficiências: Trissomia 21, microcefalia, hiperatividade, deficit cognitivo.

Materiais:
Foram utilizados os seguintes materiais: embalagens Tetra Pak, tesoura, cola, cartolina.

Metodologia:
Tendo em conta as características dos alunos participantes, as atividades de carácter lúdico apresentam-se como estratégia de excelência para obtenção de resultados.
Assim, o ponto de partida para a construção deste trabalho foi um jogo, em que os alunos tinham de escolher, entre os muitos objectos ( resíduos sólidos) à sua volta, aqueles que teriam de colocar no ecoponto amarelo.
No final do jogo, foi-lhes pedido que trouxessem de casa embalagens Tetra Pak, de cor predominantemente amarela.

Seguiu-se a construção do coração, também em forma de jogo, uma vez que se optou pelo formato puzzle, passatempo muito apreciado pelos alunos.
A primeira fase do trabalho consistiu no tratamento das embalagens: abertura e limpeza.
Seguidamente procedeu-se ao recorte das mesmas em forma de peças de puzzle e à montagem do coração, ao qual foi retirada uma peça, representação simbólica do filho.
A mensagem escrita surge em forma de poema, como homenagem à Mãe, mas também como um alerta para a importância do seu papel na educação do filho e na sua formação, enquanto cidadão consciente, responsável e interventivo nas questões ambientais.

Escola: Assoc. Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental

Professor coordenador do trabalho: Elisabete Susana Moreira