Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

Título: Coração Eco-Filigrana.
Ponto de partida: Perante o desafio lançado "Sim, no dia da Mãe o coração é amarelo" e o facto de na escola se consumirem bebidas em embalagens Tetra Pak e nem sempre serem separadas corretamente, os elementos do Eco-escolas consideraram ser uma oportunidade para, mais uma vez, sensibilizar para a separação correta destas embalagens.
Alunos envolvidos: Na idealização e construção do coração estiveram envolvidos cerca de 25 alunos de turmas de 9.º ano.
Professores envolvidos: Na idealização e construção do coração estiveram envolvidos 4 professores.
Objetivos do trabalho: Com esta construção pretendemos:
- Sensibilizar a comunidade educativa para a importância de separar corretamente os resíduos sólidos;
- Dinamizar o trabalho colaborativo entre alunos e professores;
- Incentivar a imaginação/criatividade dos alunos;
- Mostrar que é possível “dar vida” a materiais que parecem não ter mais utilidade.
Metodologia utilizada:
Etapa 1: Decisão da construção do coração e lançamento do desafio às turmas do 9.º ano: idealização de um coração de acordo com os objetivos pretendidos. Para a tarefa voluntariaram-se vários alunos.
Etapa 2: Numa primeira reunião, reforçou-se a ideia de que o coração seria construído com embalagens Tetra Pak.
Surgiu a proposta de construir um coração que aludisse a uma forma com características bem portuguesas.
Etapa 3: Numa segunda reunião decidiu-se “reproduzir” a técnica de filigrana na construção do coração, usando tiras de embalagens Tetra Pak a substituir o tradicional fio. Foi necessário encontrar um modelo de construção que fosse semelhante e de fácil execução.
Etapa 4: Os alunos, com a ajuda dos professores, iniciaram a construção dos “fios/tiras” que foram dando forma ao coração agora apresentado.
Recursos envolvidos:
- Embalagens de Tetra Pack.
- Fio de nylon
- Agrafos
- Papel
Resultados obtidos:
A construção do coração permitiu dar resposta aos objetivos propostos tendo sido um excelente exercício de imaginação e criatividade. Não podemos deixar de realçar a curiosidade dos alunos em querer saber mais sobre a filigrana.

Escola: Escola Secundária João Gonçalves Zarco

Professor coordenador do trabalho: Joaquim Manuel Moutinho Morgado