Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

Agrupamento de Escolas de Marco de Canaveses nº1

Memória descritiva

Este trabalho foi realizado por um grupo de alunos do 11ºano de Multimédia. Procedeu-se ao esboço de um desenho relativo ao tema proposto, Dia da mãe, do qual resultou um projecto em que se integrou o tema com um ícone da cultura portuguesa, o coração de Viana. Posteriormente este foi ampliado e redesenhado de forma a ser possível estruturar o trabalho para a sua dimensão final.
O projecto foi pensado de acordo com as regras pré-estabelecidas para o concurso. Partindo desse pressuposto procedeu-se à recolha das embalagens necessárias para a realização do trabalho e à sua planificação para que fosse possível a sua conjugação e utilização.
A utilização do coração de Viana como fonte de inspiração surge como forma de enaltecer o trabalho artesanal português com a conjugação das novas tecnologias e dos novos produtos utilizados na nossa sociedade contemporânea.
No seu desenho foram integrados os dois grandes temas base, o coração e dia da mãe, para que existisse um maior rigor em relação ao regulamento imposto pelo concurso. Daí o aparecimento da palavra mãe e dos vários corações que coexistem no trabalho final.
O objecto final foi todo trabalhado à mão através de recortes, colagens e utilização de tintas para que todo o rendilhado da imagem fosse perceptível pelo público em geral e tendo sempre em conta que uma das condicionantes do trabalho era a predominância da cor amarela, correspondente ao eco ponto sobre o qual se estava a trabalhar. Foi também tido em conta a funcionalidade da peça para que essa fosse facilmente transportada e exposta em local visível e de fácil acesso. A peça que apresentamos a concurso foi desenvolvida tendo em atenção os custos e o impacto ambiental para que estes fossem os mais reduzidos possíveis, já que se trata de um projecto de reciclagem e ecologia.
Em conclusão, todo o processo de execução e implementação da peça foram cuidadosamente estudados e planificados para que a mesma pudesse ser viabilizada, de forma económica, com implicação de custos mínimos de produção e afixação no espaço escolar. Esta será exposta na escola em local apropriado e com visibilidade de forma a dignificar tanto a peça como o projeto eco-escolas e todos os seus intervenientes.

Escola: Escola Sec. c/3º ciclo Marco de Canaveses

Professor coordenador do trabalho: Dina Isabel Vieira Bastos