Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza!

Trabalho a concurso

Escalão 1: jardins de infância e escolas de 1º ciclo

Escola Secundária Alexandre Herculano (Porto)

O Coração Amarelo (trabalho final):

O registo do processo de construção do coração:

Detalhe do coração onde seja visível uma embalagem Compal e o respetivo selo da Tetra Pak:

Memória descritiva:

A realização deste trabalho, teve a participação, ativa e participativa do grupo de crianças da sala AOA, do Jardim de Infância da Alegria, pertencente ao Agrupamento Alexandre Herculano. Uma vez que, este grupo é caraterizado pela sua multiculturalidade e, como a cor do coração era a cor amarela, partimos, em grande grupo, à procura dos materiais a utilizar na construção do mesmo, onde a cor amarela, fosse dominante. Foi então que optamos pelos seguintes materiais:

-açafrão, caril, cartão (reaproveitamento de caixas de leite), pétalas amarelas de flores campestres, folha dourada metalizada (reaproveitada de película envolvente de chocolate), tinta amarela, flores construídas em cartão (reaproveitamento de caixas de ovos), folhas secas amarelas, recolhidas no recreio da escola e embalagens de sumo da Compal.

E , foi assim que, decoramos um coração, com muitos corações, mais pequenos, onde a cor amarela esteve presente. Inserimos também, mensagens sobre a reciclagem de materiais bem como a sua importância para a preservação do planeta onde vivemos. Preocupados com as questões que envolvem a sustentabilidade, envolvemos os mais pequenos na construção de uma horta biológica, reutilizando alguns materiais, utilizados na germinação de sementes. É importante sensibilizar os mais novos para as questões ambientais do seu planeta responsabilizando-os e tornando-os agentes de mudança.

Idade dos alunos:

Dos 4 aos 6 anos de idade.