Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

A professora responsável pelo projeto: Eunice Miriam Gomes
Nas aulas de Àrea de Integração a professora falou do projeto “Sim, no dia da mãe o coração é amarelo” e grupo de alunas do 11º ano do Curso Profissional de Técnico de Apoio à Infância da escola secundária Alexandre Herculano decidiu dinamizar o projecto no seu centro de estágio – escola EB JI da Lomba com alunos entre os 3 e 6 anos.
A ideia inicial foi pensar numa “prenda” que poderia ser oferecida à mãe e que respeita-se as regras do concurso. Assim, surgiu a ideia de construir uma mala em forma de coração, amarela e com embalagens em tetrapack.
Os materiais utilizados na construção do coração - mala foram pacotes de leite e sumos de tetrapack, tinta amarela, rede, tecido preto e amarelo, arame, agulha, linha e cola.
O projeto passo a passo:
1º Os alunos do Jardim de Infância recolheram embalagens de sumo e leite na escola.
2º As embalagens foram abertas e lavadas.
3º Os alunos pintaram com tinta amarela as embalagens.
4º Com um molde em forma de coração foi desenhado sobre as embalagens pintadas vários corações e posteriormente recortados.
5º Foi construído um coração em rede, com dupla face (cozido à mão com agulha e linha) para servir de base à mala e suporte dos corações elaborados e recortados nas embalagens de Tetrapack.
6º Foram colados corações amarelos de igual tamanho sobre o coração de rede (base da mala).
9º Foi colado no pequeno coração que está no centro da mala (bolso para pequenos acessórios) corações em prateado, delinheados com os selos Tetra Pak – Protege o que é bom.
10º As alças da mala foram construídas com restos de tecidos amarelos e em arame.
11º Com a colaboração dos alunos construíram uma frase alusiva ao dia da mãe e ao ambiente “A melhor mãe do mundo protege sempre o ambiente”, a qual foi escrita em corações prateados espalhados pela mala com as 3 cores representativas dos ecopontos.

Escola: Escola Secundária Alexandre Herculano

Professor coordenador do trabalho: Maria Ilda de Ornelas Velosa Costa