Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

Materiais: cartão, sacos de plástico; jornais, pacotes Tetra PaK, cola quente, uma bola velha e tinta azul.

Metodologias: Iniciou-se o projeto com um diagnóstico no sentido de serem aferidas possibilidades de construção considerando o aspeto visual do coração, as técnicas a utilizar e procedimentos a adotar. Depois foi mostrado aos alunos o tipo de embalagens a procurar tendo em conta os critérios regulamentados no passatempo, sensibilizando-os para as características únicas das embalagens “Tetra Pak”. Esta pesquisa, no site oficial da “Tetra Pak” facilitou de forma notória o conhecimento e seleção de embalagens a utilizar tendo-se procedido à recolha das mesmas na comunidade local. Depois num cartão de uma caixa, desenhou-se e cortou-se o coração com as dimensões definidas no regulamento. Posteriormente encheram-se sacos de plástico com jornais que foram colados ao cartão para dar volume ao coração. Então os alunos recortaram embalagens Tetra Pak em forma de lágrimas (simbolizam a tristeza da mãe Natureza), que foram coladas com cola quente nos sacos. O passo seguinte foi cortar uma bola velha ao meio, fixá-la no coração, pintá-la com tinta azul, desenhar os continentes em embalagens Tetra Pak recortá-los e colá-los na bola. Através da poesia foi elaborado coletivamente um poema com a mensagem que os discentes pretendem transmitir. Essa mensagem foi transcrita nas pétalas que rodeiam o planeta Terra.

Intervenientes: O projeto envolveu todos os alunos da escola (38 crianças dos quatro anos de escolaridade), duas professoras titulares de turma, duas assistentes operacionais e pais/encarregados de educação.

Escola: Escola EB1 de Loução - Venade

Professor coordenador do trabalho: Deolinda Maria da Cruz Porto Sousa