Sim, no dia da mãe
o coração é amarelo

Para quem ama a mãe natureza.

Trabalho a concurso

Memória descritiva

Memória descritiva “ NO Dia da Mãe o coração é amarelo”


Reuniram-se os dois grupos para lhes dar a conhecer a ideia que tínhamos em concorrer a esta atividade, claro que foi logo um desafio aceite.
Durante alguns dias os pacotes do leite escolar, já tinham como cor predominante o amarelo pretendido, foram reservados e passados por água, íamos construir um “coração grande como o da mãe”.
Mas como? Então surgiu a ideia da técnica da cola quente que já tínhamos usado nas salas para outros trabalhos.
Foi aproveitado um cartão duma caixa grande, que depois de medido e recortado em forma de coração deu o suporte.
Agora mãos à obra era preciso ajudar a colar, a pistola da cola fica quente e não pode ser manuseada por mãos tão pequeninas, mas temos de escolher o sítio onde colar e carregar um pouco.
Tornámos a reunir as duas salas, é um pouco complicado, quando todos querem fazer ouvir a sua voz: “ Aminha mãe é muito importante porque me conta histórias ” “ A minha é mais porque sabe dançar e ensina-me” e por aí fora todos tiveram direito a dar a sua opinião que era melhor que a do colega, “mais importante”.
A seguir as Educadoras passaram para o “papel”, bandeirinhas recortadas de pacotes de leite e furadas com as palhinhas que foram espalhadas pelo “coração”.
Agora depois da fotografia vamos pô-lo em local em que as mães possam ver e ler o que dissemos delas.
Os intervenientes foram todos: Os dois grupos, 31 crianças; 2 Educadoras e Auxiliares.


Avessadas 24 de abril de 2013

Escola: Jardim de Infância Fornelo - Avessadas

Professor coordenador do trabalho: Maria Celeste Almeida Dinis